• Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Rua Antônio Neves de Azevedo, 50

Bairro Jardim Antártica

Cep 79092 - 286 - Campo Grande – MS

 

(67) 3385 - 2268

missionáriasdenazaré.com

Missionárias Filhas da Sagrada Família de Nazaré

CEI Sagrada Família de Nazaré

Curitiba (PR) - Desde fevereiro de 2014  

Escola Nazaré

Jesuítas (PR) - Desde março de 1981

Escola Nazaré

Campo Grande (MS) - Desde maio de 1986

Escola Madre Cecília Cros

Curitiba (PR) - Desde setembro de 1983

CONTATO

UNIDADES NO BRASIL

 

UNIDADES NO MUNDO

 

Quer receber nossas novidades?

favicon ghm.png

Copyright 2019 - Escola Nazaré - Todos os direitos reservados

Escola Nazaré ensina xadrez para estimular no desenvolvimento de múltiplas habilidades

A Escola Nazaré Campo Grande ensina xadrez como ferramenta pedagógica, utilizada para ajudar os alunos no desenvolvimento das múltiplas habilidades, otimizando a forma de aprender. No fim do ano, será realizado o Primeiro Campeonato Interclasses de Xadrez.

 

De acordo com a diretora executiva da Escola Nazaré Campo Grande, Irmã Elizabeth Alegre, o aluno precisar aprender a tomar decisões. “E no xadrez, em cada jogada o aluno tem que decidir o que fazer, quais estratégias seguir, que peça mover e assim por diante. Saber distinguir as possibilidades e não temer a busca por soluções é fundamental”, explica.

 

Os alunos da Escola Nazaré Campo Grande têm acesso ao aprendizado do xadrez já na educação infantil (3 anos) uma vez por semana e segue até o 5º ano. Para os alunos da educação fundamental 2 (do 6º ao 9º ano) o xadrez integra as aulas de Educação Física. Eles aprendem com o xadrez gigante no pátio da escola ou com os tabuleiros pequenos em sala de aula.

 

Para a Madre Montserrat Del Pozo, superiora geral da Congregação das Missionárias Filhas da Sagrada Família de Nazaré, o xadrez está dentro do projeto educativo, porque trabalham os dois hemisférios do cérebro e também as emoções. “Um pai que seja mais rígido, mais distante, não sabe como relacionar-se com seu filho e às vezes é isso que muitos papais poderão estabelecer uma conversação com seus filhos e aí estabelecer nessa partida emoções significativas”, pontua.

 

A irmã Elizabeth Alegre ressalta ainda que colocar o xadrez a serviço da educação tem como finalidade cultivar valores e desenvolver a arte de pensar. “O respeito é uma condição imprescindível para que uma partida se leve ao término, assim como a concentração, raciocínio lógico, paciência, responsabilidade, autoconfiança, memória, planejamento, amizade, perseverança, disciplina, aceitação dos erros, entre outros”, pontua.

 

História

 

Conforme os historiadores, o surgimento do xadrez ocorreu no século VI, na Índia, com  o nome de shaturanga, que significa “os quatro elementos de um exército”. Posteriormente, o jogo foi para a China e para a Pérsia. A forma atual do jogo surgiu no Sudoeste da Europa, na segunda metade do século XV, depois de ter evoluído de suas antigas origens persas e indianas. No Brasil, os campeonatos nacionais de xadrez ocorrem desde 1927.

 

 

+ Fotos

 

Please reload

Últimas notícias
Please reload

Arquivo
Please reload

Busca por Tags