• Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Rua Antônio Neves de Azevedo, 50

Bairro Jardim Antártica

Cep 79092 - 286 - Campo Grande – MS

 

(67) 3385 - 2268

missionáriasdenazaré.com

Missionárias Filhas da Sagrada Família de Nazaré

CEI Sagrada Família de Nazaré

Curitiba (PR) - Desde fevereiro de 2014  

Escola Nazaré

Jesuítas (PR) - Desde março de 1981

Escola Nazaré

Campo Grande (MS) - Desde maio de 1986

Escola Madre Cecília Cros

Curitiba (PR) - Desde setembro de 1983

CONTATO

UNIDADES NO BRASIL

 

UNIDADES NO MUNDO

 

Quer receber nossas novidades?

favicon ghm.png

Copyright 2019 - Escola Nazaré - Todos os direitos reservados

Alunos apresentam projeto sobre alimentação saudável

Eles receberam informações nutricionais, visitaram uma horta orgânica, prepararam uma deliciosa salada de frutas e também biscoitinhos

Gilmar Hernandes

Alunos do primeiro ano apresentaram na segunda-feira (4), aos demais alunos da Escola Nazaré de Campo Grande, o projeto Alimentação Saudável, desenvolvido pela professora Lina Márcia Morel.

 

Os alunos explicaram sobre os alimentos saudáveis e também os industrializados. Eles mostraram a importância da água, as vitaminas das frutas e legumes. Por meio da pirâmide alimentar explicaram a quantidade recomendada de alimentos para uma alimentação saudável. E ao final, os espectadores puderam saborear o biscoito e provar um

delicioso suco nutritivo especialmente preparado pelos próprios alunos. (Confira as receitas ao final da matéria) 

 

Segundo a professora, abordar e discutir assuntos relacionados à alimentação saudável é muito importante. “Levar os alunos a se conscientizarem sobre a boa alimentação, incentivá-los ao consumo de frutas, verduras e legumes, e conhecer a importância das suas vitaminas para a saúde é fundamental para que a criança cresça com saúde”, explica.

“Consideramos o trabalho super importante, pois desperta o interesse no conteúdo abordado, os alunos participam e podem-se fazer experiências concretas. Melhora a desenvoltura na linguagem oral, na gramática, aumenta o vocabulário e a criatividade. Um grupo motivado e envolvido produzirá excelentes resultados. Os alunos têm de estudar, pesquisar e aprofundar no tema. São muitas as vantagens em se trabalhar em forma de projeto”, destaca a diretora da escola, Irmã Elizabeth Alegre.

Para chegarem bem informados à apresentação, além das aulas tradicionais, os alunos receberam a visita da nutricionista Naiara Oliveira Costa, que orientou sobre a maneira correta de alimentar-se, comendo frutas, verduras, legumes, ingerindo suco natural ao invés de comprados ou refrigerantes.  Ela também alertou para o perigo do consumo de gordura, açúcar, sal e produtos industrializados.

O segundo passo deste trabalho foi a visita a uma horta orgânica, na qual o produtor rural Ismael Delmondes dos Santos, explicou a importância de plantar os alimentos para que sejam vendidos nos supermercados e feiras da cidade. “Muitos alunos desconheciam de onde vinham as verduras, achavam que todo alimento era fornecido pelo supermercado”, pontuou a professora.

Please reload

Ismael, que já trabalha na horta há mais de 10 anos, aproveitou ainda para ensinar as crianças como é feita a plantação de hortaliças, começando pela compra da semente, reforçou a forma correta para irrigar e o tempo para estarem no ponto de colheita.

CONFIRA AS RECEITAS, GALERIAS DE FOTOS E VÍDEO

Munidos dessas informações, os alunos partiram para a prática realizando uma Cozinha Experimental. Cada aluno levou um tipo de fruta e puderam preparar e compartilhar uma saudável salada de frutas no lanche. “Foi muito significativo, pois alguns alunos que nunca tinha experimentado determinada fruta e acabou comendo”, comemorou a professora.

O trabalho continuou ainda na semana seguinte com a produção do Biscoito Fácil, com matéria-

prima saudável. Além da cozinha experimental, os alunos realizaram várias atividades em sala; como caligrama de frutas, mapa mental, pirâmide da alimentação entre outras.

Mas o aprendizado não parou por aqui, as crianças levaram os ensinamentos para casa e estão procurando ter hábitos mais saudáveis, como a Ana Luiza, filha da Evelin Alves e do Israel Leite Neto. “A escola conseguiu plantar uma sementinha na cabeça dela. Daqui para a frente creio que ela vai seguir as orientações. Foi muito gratificante ouvir ela falar de coisas que a gente pode e o que não pode comer”, orgulha-se Evelin.